Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

REPRESENTAÇÃO POLÍTICADISCIPLINA 385875

VER OFERTA

ÓrgãoIPOL Instituto de Ciência Política
Código385875
DenominaçãoRepresentação Política
NívelMestrado
Início da Vigência em1996/1
Pré-requisitosDisciplina sem pré-requisitos
EmentaInício da Vigência em 2003/1

O curso tem por objetivo explorar, sob diferentes perspectivas, o conceito de representação política, bem como examinar os processos e dinâmicas da representação de interesses nas sociedades modernas. Serão focalizadas as modalidades de representação parlamentar e burocrática, os processos pluralistas, corporativistas e neo-corporativistas de representação de interesses, como também as temáticas associadas à crise de representação política nas democracias.

"Representação Política" é um tema controverso, a começar pelo próprio conceito (e por outros conceitos que são próximos, como a accountability). O curso discute os problemas teóricos relacionados à apresentação, a começar pela própria vinculação com a democracia, bem como as alternativas propostas e/ ou testadas para enfrentar a "crise da representação" diagnosticadas nos regimes ocidentais.

ProgramaInício da Vigência em 2012/2

O conceito de representação política. Representação e accountability. A defesa contemporânea da "representação descritiva".
A representação política na democracia direta. Eleições, democracia e aristocracia no pensamento clássico. A transição da democracia direta à democracia representativa.
Do voto limitado ao sufrágio universal. Modelos de representação e sistemas eleitorais. Representatividade e "governabilidade".
A democracia representativa como forma de dominação de classe. A cristalização do sistema de partidos.
A decisão do voto. A racionalidade do eleitor. A influencia dos meios de comunicação de massa.
A crise da representação política. Representação e "oligarquização". O papel dos meios de comunicação de massa.
A representação política nas democracias eleitorais contemporâneas. Dados sobre paises escolhidos.
Esboço de um conceito tridimensional de representação: decisão, definição de agenda e formação de interesses.
Participação na base e ligação entre micro e macropolitica. Deliberação publica e representação política.
Novos movimentos sociais, ONG's e representação política na "pós-modernidade".
Alternativas à representação política. As experiências de quotas eleitorais e o "orçamento participativo".
Novas tecnologias. Loterias e outras propostas utópicas de superação da representação política.

BibliografiaInício da Vigência em 2012/2

O conceito de representação política. Representação e accountability. A defesa contemporânea da "representação descritiva".
Hanna Fenichel Pitkin- The concept of representation. Berkeley: University of Califórnia Press, 1967.
Existe edição em espanhol. Indicados nos Capítulos 1,2,3,6,9 e 10.
Anne Phillips- The politics of presence. Oxford : Oxford University Press, 1995. Indicados os capítulos 1,2 e 7.

A representação política na democracia direta. Eleições, democracia e aristocracia no pensamento clássico. A transição da democracia direta à democracia representativa.
M.I. Finley- Democracia: antiga e moderna. Rio de Janeiro: Graal, 1988. Indicados os capítulos 1,2 e 3.
Bernard Manin- The principles of representative government.Cambridge University Press, 1997. Existe edição em Francês. Indicados os capítulos 1,2,3 e 6.

Do voto limitado ao sufrágio universal. Modelos de representação e sistemas eleitorais. Representatividade e "governabilidade".
James Mill- "[Essay on] Government", em Political writings. Ed. Terence Ball. Cambridge: Cambridge University,1992. Existem outras edições.
John Stuart Mill- O governo representativo. S. Paulo: Ibrasa, 1983. Existem outras edições. Indicados os capítulos 2,3 e 4.
Nadia Urbinatti- "Representation as advocacy: a study of democratic deliberation". Political Theory, v. 28, n°6. Thousand Oaks, 2000, pp. 758-66.

A democracia representativa como forma de dominação de classe. A cristalização do sistema de partidos.
Albert O. Hirschmann- De consumidor a cidadão: atividade privada e participação da vida publica. S. Paulo: Brasiliense, 1983. Indicados os capítulos 5,6 e 7.
Claus Offe e Helmut Wiesenthal- "Duas lógicas da ação coletiva: anotações teóricas sobre classe social e forma organizacional", em Claus Offe- Problemas estruturais do Estado Capitalista. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984.
Giovanni Sartori- Partidos e sistemas partidários. Brasília: Editora UnB; Rio de Janeiro: Zahar, 1982. Indicado o capitulo 1.
03/05- A decisão do voto. A racionalidade do eleitor. A influencia dos meios de comunicação de massa.
Pierre Bourdieu- "A representação política. Elementos para uma teoria do campo político", em O poder simbólico. Lisboa: Difel, s.d.
Anthony Downs - An economic theory of democracy: New York: Harper Collins, 1957. Existe edição em português . Indicados os capítulos 1,2,3 e 4.
Robert M. Entman- Democracy without citizens: media and the decay of American politics. Oxford: Oxford University Press, 1997. Indicados os capítulos 1,2 e 3.

A crise da representação política. Representação e "oligarquização". O papel dos meios de comunicação de massa.
Robert Michels - Sociologia dos partidos políticos. Brasília: Editora UnB, 1982. Indicada a sexta parte.
Martin P. Wattenberg - The decline of American political parties. 1952-1966. Cambridge(MA): Harvard University Press, 1998. Indicados os capítulos 1,4,5 e 6.
Joshep N. Cappella e Kathleen Hall Jamieson- Spiral of cynicism: the press and the public good. Oxford: Oxford University Press, 1997. Indicados os capítulos 1,2 e 3.

A representação política nas democracias eleitorais contemporâneas. Dados sobre paises escolhidos.

Esboço de um conceito tridimensional de representação: decisão, definição de agenda e formação de interesses.
Steven Lukes - El poder : un enfoque radical. Madrid: Sigilo XXI, 1985.

Participação na base e ligação entre micro e macropolitica. Deliberação publica e representação política.
David Miller - "Deliberative democracy and social choice", em David Held (ed) - Prospects for democracy. Stanford: Stanford University Press. 1993.
Nancy Fraser - "Rethinking the public sphere : a contribution to the critique of actually existing democracy", em Craig Calhoun (ed.) - Habermas and the public sphere. Cambridge (MA): The MIT Press, 1992.
Luis Felipe Miguel - "Um ponto cego nas teorias da democracia: os meios de comunicação". BIB- Revista Brasileira deInformação Bibliográfica em Ciências Sociais, nº 42. Rio de Janeiro, 2000, pp. 51-77.

Novos movimentos sociais, ONG's e representação política na "pós-modernidade".
Ernesto Laclau - "Os novos movimentos sociais e a pluralidade do social". Revista Brasileira de Ciências Sociais, n°2 . S. Paulo, 1986, pp. 41- 7.
Evelina Dagnino - "Cultura, cidadania e democracia : a transformação dos discursos e praticas na esquerda latino-americana", em Sonia E. Alvarez, Evelina Dagino e Arturo Escobar(orgs).
-Cultura e politica nos movimentos sociais latino-americanos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000.
Marcos Novaro- "O debate contemporâneo sobre a apresentação política". Novos estudos Cebrap, nº 42. S. Paulo , 1995, pp 90.
James Petra - "ONGs ao serviço do imperialismo", em James Petra e Henry Veltmeyer- Hegemonia dos Estados Unidos no novo milênio. Petrópolis: Vozes, 2000.

Alternativas à representação política. As experiências de quotas eleitorais e o "orçamento participativo".
Sergio Gregório Baierle - " A explosão da experiência: emergência de um novo principio ético-politico nos movimentos populares urbanos em Porto Alegre", em Sonia E. Alvarez.
Evelina Dagino e Arturo Escobar(orgs.) Cultura e política nos movimentos sociais latino-americanos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000.
Luis Felipe Miguel - "Teoria política feminista e liberalismo: o caso das cotas de representação", em Revista Brasileira de Ciências Sociais, n° 44, S. Paulo, 2000, pp. 91-102.

Novas tecnologias. Loterias e outras propostas utópicas de superação da representação política.
Akhil Reed Amar - "Chosing representatives by lottery voting". The Yale Law Journal, v.93, n° . New Haven, 1984, pp. 1283-308.
Barbara Goodwin - Justice by lottery. Chicago : The University of Chicago Press. 1992. Indicados os capitulos 2,6 e __.
Steafano Rodotà - La democratie electronique: de noureaux concepts et experiences politiques. Paris : Apogee, 1999. existe edição em Italiano. Indicados os capítulos 1 e 4.
Luis Felipe Miguel- "Sorteios e representação democrática". Lua Nova , n° 50. S. Paulo , 2000, pp. 69-96.