Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

METODOLOGIA E ÉTICA CIENTÍFICADISCIPLINA 371441

VER OFERTA

ÓrgãoFMD Faculdade de Medicina
Código371441
DenominaçãoMetodologia e Ética Científica
NívelMestrado
Início da Vigência em2002/2
Pré-requisitosDisciplina sem pré-requisitos
EmentaInício da Vigência em 2009/1

Ementa: A disciplina de metodologia e ética científica do Programa de Pós-graduação em Ciências Médicas visa: fornecer elementos teóricos fundamentais sobre o método científico e suas implicações no desenvolvimento das práticas assistenciais e científicas; fornecer as bases e as implicações da ética na pesquisa em seres humanos e animais de experimentação; capacitar para a organização dos problemas e das hipóteses centrais, delineamento do estudo, escolha da casuística, análise crítica científica, apresentação lógica dos resultados e elaboração do manuscrito científico.
Objetivo Geral: fornecer ao aluno conhecimentos teóricos fundamentais em metodologia e ética científica.
Objetivo Específico: fornecer ao aluno as bases fundamentais para elaborar, analisar criticamente, relatar e revisar, de modo sistemático e com rigor metodológico, uma pesquisa clínica.
Justificativa: a construção de uma evidência científica demanda profissionalização e sistematização das práticas fundamentais à construção dos estudos científicos que farão os elos da cadeia de conhecimento. A confiabilidade de cada um desses estudos dependerá da lógica criativa, do rigor metodológico, da capacidade interpretativa e de síntese. A exposição do aluno à dialética, à lógica e aos métodos científicos constitui, portanto, o primeiro passo para criação da massa crítica necessária ao desenvolvimento científico da Universidade, da Sociedade e do País

ProgramaInício da Vigência em 2010/1

Objetivo Geral: fornecer ao aluno conhecimentos teóricos fundamentais em metodologia e ética científica.
Objetivo Específico: fornecer ao aluno as bases fundamentais para elaborar, analisar criticamente, relatar e revisar, de modo sistemático e com rigor metodológico, uma pesquisa clínica.
Justificativa: a construção de uma evidência científica demanda profissionalização e sistematização das práticas fundamentais à construção dos estudos científicos que farão os elos da cadeia de conhecimento. A confiabilidade de cada um desses estudos dependerá da lógica criativa, do rigor metodológico, da capacidade interpretativa e de síntese. A exposição do aluno à dialética, à lógica e aos métodos científicos constitui, portanto, o primeiro passo para criação da massa crítica necessária ao desenvolvimento científico da Universidade, da Sociedade e do País.
Didática: o conteúdo programático será apresentado em três módulos com aulas teóricas de três horas. Após cada aula, um seminário será apresentado por um dos alunos visando explorar o raciocínio lógico e a capacidade de síntese.
Recursos didáticos: Datashow com apresentação dos diapositivos e quadro de giz.
Avaliação: ao final de cada módulo, haverá uma avaliação dos alunos: a primeira será uma apresentação de uma proposta de projeto de estudo ecológico; a segunda será a apresentação dos resultados e conclusões do projeto proposto; e a terceira será a entrega de um manuscrito científico baseado no projeto apresentado. Além destas, os alunos serão avaliados pelos seminários apresentados. Em cada seminário ou apresentação, o aluno que apresenta será avaliado por todos os demais. A nota de cada avaliação, com exceção do manuscrito, será a média das notas dadas por cada um dos alunos às referidas avaliações. O manuscrito será avaliado pelo professor responsável pelo curso.

Conteúdo Programático:
MÓDULO I - Delineamento científico.
1- Construção da evidência científica.
2- Estudos observacionais.
3- Estudos intervencionistas.
4- Estudos com modelos animais.
5- Amostragem.
6- Apresentação do projeto (Avaliação)
7- Ética na pesquisa em humanos.
MÓDULO II - Análise Crítica.
8- Análise descritiva e chance.
9- Comparação entre dois ou mais grupos.
10- Associação entre duas ou mais variáveis.
11- Confusão, erros e vieses.
12- Apresentação de resultados (Avaliação)
MÓDULO III - Redação e Revisão do Manuscrito Científico.
13- Como escrever um artigo científico: Parte 1.
14- Como escrever um artigo científico: Parte 2.
15- Como revisar um artigo científico (Peer-Review)
Entrega dos manuscritos (Avaliação).
16- Discussão dos manuscritos.

BibliografiaInício da Vigência em 2002/2

DUHIGG C. O Poder do Hábito. Editora Objetiva, RJ, 2012, 447 págs.
BEAUCHAMP TL, MORTON DB. The upper limits of pain and suffering in animal research. Camb
Q Healthc Ethics, 24(4): 431-447, 2015.
CATTANEO C, MADERNA E, RENDINELLI A, GIBELLI D. Animal experimentation in forensic
sciences: How far have we come? Forensic Sci Int, 254:e29-35, 2015.
DE A E TRÉZ T. Refining animal experiments: the first Brazilian regulation on animal
experimentation. Altern Lab Anim., 38(3): 239-244, 2010.
HOUSE DR, MARETE I, MESLIN EM. To research (or not) that is the question: ethical issues in
research when medical care is disrupted by political action: a case study from Eldoret,
Kenya. J Med Ethics, pii: 2013-101490, 2015.
KIDDER RM. Como tomar decisões difíceis ou como escolher na vida entre o certo e o certo.
São Paulo, Editora Gente, 2007.
PELKOVIC G, CHARLESWORTH JE, et al. Effects of placebos without deception compared with
no treatment: protocol for a systematic review and meta-analysis. BMJ Open, 5(11):
e009428, 2015.