Clique para ir ao início Universidade de Brasília - UnB
Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação - DPP
Secretaria de Administração Acadêmica - SAA
MatrículaWeb
PÓS-GRADUAÇÃO (Mestrado/Doutorado)
  Seja bem-vindo(a).
  Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
MatrículaWeb  clique aqui para fazer o login.
 


Período Atual
2016/1


Disciplina - Listagem de Ementa/Programa
Disciplina: 392910 - Metodologia Qualitativa e Interpretação de Dados
(Ver Oferta)

Pós-Graduação
(Mestrado e Doutorado)

Curso
Oferta
Calendário
Mensagem da SAA
Mestrado/Doutorado
Especialização
Benefícios DAC


Órgão: FE - Faculdade de Educação
Código: 392910
Denominação: Metodologia Qualitativa e Interpretação de Dados
Nível: Mestrado
Vigência: 1997/2
Pré-req: Disciplina sem pré-requisitos
Programa:

JUSTIFICATIVA:

A discussão em torno da pesquisa social empírica sempre provocou debates e

controvérsias que levaram pesquisadores e pesquisadoras a optar por diferentes teorias

ou quadros de referência para o desenvolvimento de suas análises (entre outros:

funcionalismo, estruturalismo, materialismo histórico, fenomenologia social, sociologia

compreensiva ou interpretativa, etnometodologia) assim como por diferentes métodos de

abordagem (dedutivo, indutivo, abdutivo, dialético, fenomenológico). Tais discussões

dividiram também o modo de se fazer pesquisa: Durante muito tempo, a oposição entre

objetivismo e subjetivismo esteve marcada pelas etiquetas “pesquisa quantitativa”

versus “pesquisa qualitativa”, atribuindo-se a primeira maior grau de representatividade,

confiabilidade e relevância. A pesquisa quantitativa, também conhecida como survey

research tornou-se sobretudo a partir das décadas de 1950 e 1960 o padrão de

investigação dominante, atendendo as demandas do mercado e dos organismos

governamentais. Não obstante, no final da década de 1960 e início de 1970 esse

formalismo metodológico empiricista passou a ser contestado, assim como a própria

concepção de ciência foi colocada em questão. Tais questionamentos contribuíram para a

retomada das metodologias qualitativas, que atualmente, já não são vistas em

contraposição aos métodos quantitativos, mas como enfoques diferentes e necessários

no campo da pesquisa social empírica.

Apesar da crescente demanda da pesquisa social qualitativa no campo das Ciências

Sociais e da Educação bem como do grande número de pesquisadores trabalhando com

métodos qualitativos, existe ainda uma lacuna no que diz respeito ao estudo de

referenciais teórico-metodológicos no campo da pesquisa qualitativa e ao ensino de

técnicas de pesquisa e métodos de interpretação de dados. A disciplina abordará os

seguintes aspectos:

UNIDADE I - FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA PESQUISA QUALITATIVA

- Interacionismo Simbólico e a Escola de Chicago

- Fenomenologia Social e o problema da realidade social

- Hermenêutica e Sociologia do Conhecimento

UNIDADE II – MÉTODOS DE INTERPRETAÇÃO DE DADOS

- Análise de Discurso Crítica

- Etnometodologia e Análise da Conversação

- Método Documentário

UNIDADE III – MÉTODOS/TÉCNICAS DE COLETA E DE ANÁLISE DE DADOS

- A etnografia na pesquisa educacional

- Entrevistas narrativas e a análise estrutural de narrativas

- Grupos de discussão e análise segundo o método documentário

- Análise de imagens e filmes segundo o método documentário

UNIDADE IV – EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO DE DADOS

- Análise dos problemas metodológicos mais freqüentes na fase de elaboração da

pesquisa e interpretação dos dados coletados

- Exercícios de interpretação de dados qualitativos

2

D i n â m i c a e A v a l i a ç ã o :

Aulas:

As aulas serão desenvolvidas através de introduções (ou sínteses conclusivas) da

professora; seguidas por uma problematização em torno das teses centrais dos textos e

de formulação de uma pauta de questões para o debate, encaminhadas pelos/as

apresentadores/as do seminário conforme agendado na primeira sessão; e, finalmente,

seguindo-se por um debate onde todos/as participam.

A leitura complementar em alguns seminários foi selecionada como suporte para os

debates do grupo como um todo.

Uma pequena bibliografia adicional é oferecida no final do programa, a qual poderá ser

complementada no decorrer das aulas, especialmente tendo em vista ampliar a reflexão

para a realização do trabalho final.

Avaliação:

Será realizada com base nos seguintes critérios: freqüência e participação nas aulas,

apresentação de seminários, apresentação de análises de dados empíricos, produção de

um artigo a partir dos temas e bibliografias indicadas na disciplina (trabalho final).

Temas, bibliografia e cronograma

1ª Semana: Apresentação e discussão do programa, metodologia de trabalho e proposta

de avaliação (26/08)

2ª Semana: O desenvolvimento da pesquisa qualitativa em Educação (02/09)

TEMA 1: Surgimento da pesquisa qualitativa no contexto internacional

Bibliografia:

• DENZIN, Norman; LINCLOLN, Yvonna. Introdução: A disciplina e a prática da

pesquisa qualitativa. In: _____. O planejamento da pesquisa qualitativa. Teorias e

abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 15-41.

• KRÜGER, Heinz-Hermann. A relevância dos métodos de pesquisa qualitativa em

Educação na Alemanha. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.). Metodologias

Qualitativas na Educação: Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em edição).

TEMA 2: Surgimento e desenvolvimentos da pesquisa qualitativa em Educação no Brasil

Bibliografia:

• GATTI, B.; ANDRÉ, M. A relevância dos métodos de pesquisa qualitativa em Educação

no Brasil. In: WELLER, W.; PFAFF, N. (Org.). Metodologias Qualitativas na Educação:

Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em edição).

• VILELA, Rita Amélia T. O lugar da abordagem qualitativa na pesquisa educacional:

retrospectiva e tendências atuais. Perspectiva. Florianópolis, v.21, p. 431-466, 2003

[disponível em:

http://www.perspectiva.ufsc.br/perspectiva_2003_02/10_artigo_rita_amelia.pdf].

Bibliografia complementar:

• WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle. Pesquisa qualitativa em Educação: origens e

desenvolvimentos. In: ___; ___ (Org.). Metodologias Qualitativas na Educação:

Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em edição).

• VIDICH, Arthur J.; LYMAN, Stanford. M. Métodos qualitativos: sua história na

Sociologia e na Antropologia. In: Denzin, Norman; Lincloln, Yvonna (orgs.). O

planejamento da pesquisa qualitativa. Teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed,

2006, p. 49-90.

3

I - FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA PESQUISA QUALITATIVA

3ª Semana: Interacionismo Simbólico e a Escola de Chicago (09/09)

GRUPO 1:

• JOAS, Hans. Interacionismo simbólico. In: Giddens, Anthony; Turner, Jonathan

(org.): Teoria social hoje. São Paulo: Editora da UNESP, 1999, p. 127-174.

GRUPO 2:

• BLUMER, Herbert. La posición metodológica del interaccionismo simbólico. _____ El

interaccionismo simbólico: perspectiva y método. Barcelona: Hora S.A., 1982, p.1-44

Bibliografia complementar:

• COULON, Alain. A Escola de Chicago. Campinas: Papirus, 1995.

Bibliografia adicional:

• WHYTE, William Foote. Sociedade de esquina. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

4ª Semana: Fenomenologia Social e o problema da realidade social (16/09)

Bibliografia:

• SCHÜTZ, Alfred. Cap. 1: El sentido común y la interpretación científica de la acción

humana. In: ______ El problema de la realidad social. Buenos Aires: Amorrortu,

1974, p. 35-70.

Bibliografia complementar:

• WAGNER, Helmut. Introdução: A abordagem fenomenológica da sociologia. In:

Schütz, Alfred: Fenomenologia e relações sociais. Rio de Janeiro: Zahar, 1979,

p. 3-50.

Bibliografia adicional:

• BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade. Petrópolis:

Vozes, 1998.

5ª Semana: Hermenêutica e Sociologia do Conhecimento (23/09)

Bibliografia:

• MANNHEIM, Karl. Sobre a interpretação da Weltanschauung. In: ______. Sociologia

do conhecimento (vol. I). Porto: RÉS-Editora, [1986], p. 49-116.

• WELLER, Wivian et al. Karl Mannheim e o método documentário de interpretação:

Uma forma de análise das visões de mundo. Sociedade e Estado [Dossiê Temático:

Inovações no Campo da Metodologia das Ciências Sociais]. Brasília: vol. XVII, n. 02,

p. 375-396, jul/dez. 2002.

Bibliografia complementar:

• SCOCUGLIA, Jovanka B. C. A hermenêutica de Wilheim Dilthey e a reflexão

epistemológica nas ciências humanas contemporâneas. Sociedade e Estado [Dossiê

Temático: Inovações no Campo da Metodologia das Ciências Sociais]. Brasília: vol.

XVII, n. 02, p. 249-281, jul/dez. 2002

UNIDADE II – MÉTODOS DE INTERPRETAÇÃO DE DADOS

6ª Semana: Análise de Discurso Crítica (30/09)

Bibliografia:

• FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Brasília: Editora UnB, 2001, p.

89-132 (capítulo 3: Teoria social do discurso).

• RESENDE, Viviane M.; RAMALHO, Viviane. Análise de Discurso Crítica. São Paulo:

Contexto, 2006.

Bibliografia complementar:

4

• Barbosa, Ericka F. V. Políticas Públicas para o Ensino Médio e Juventude Brasileira.

Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade de Brasília, 2009.

• BUENO FISCHER, Rosa Maria. Foucault e a análise do discurso em educação.

Cadernos de Pesquisa, n. 114, 2 2001, p. 197-223 [www.scielo.br/

pdf/cp/n114/a09n114.pdf ].

7ª Semana: Encontro Anual da ANPEd (07/10)

8ª Semana: Etnometodologia e Análise da Conversação (14/10)

Bibliografia:

• ALENCAR, Rosane. Análise da Conversa~ção em interação: uma proposta para a

análise de práticas sociais. In: WEBER, Silke; LEITHÄUSER, Thomas (Orgs.). Métodos

qualitativos nas Ciências Sociais e nas práticas sociais. Recife: Ed. Universitária,

2007, p. 59-71.

• MARCUSCHI, Luiz A. Análise da Conversação. São Paulo: Ática, 2006, p. 14-84 (Cap.

3 a 8).

Bibliografia complementar:

• HERITAGE, John, C. Etnometodologia. In: Giddens, Anthony; Turner, Jonathan

(org.): Teoria social hoje. São Paulo: Editora da UNESP, 1999, p. 321-392.

• MYERS, Greg. Análise da conversação e da fala. In: Bauer, Martin & Gaskell, George.

Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático. Petrópolis:

Vozes, 2002, p. 271-292.

Bibliografia complementar:

• CICOUREL, Aaron. Algunas Cuestiones de teoría y método. In: Goffmann, Erwin;

Sacks, Harvey; Cicourel, Aaron; Pollner, Melvin. Sociologías de la situación. Madrid:

La Piqueta, 2000, p. 97-127.

9ª Semana: Método Documentário (21/10)

Bibliografia:

• BOHNSACK, Ralf; WELLER, Wivian. O método documentário na análise de grupos de

discussão. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.). Metodologias Qualitativas na

Educação: Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em edição).

• GOMES, Vicente de Paula. Interpretação e Objetividade. In: ____. A gênese e a

compreensão do objeto cultural em Karl Mannheim. Dissertação (mestrado).

Campinas: Departamento de Filosofia, 1999, p. 109-150.

Bibliografia complementar:

• WELLER, Wivian. A contribuição de Karl Mannheim para a pesquisa qualitativa:

aspectos teóricos e metodológicos. Sociologias. Porto Alegre, n. 13, p. 260-300,

jan./abr. 2005 [www.scielo.br/pdf/soc/n13/23564.pdf].

UNIDADE III – MÉTODOS/TÉCNICAS DE COLETA E DE ANÁLISE DE DADOS

10ª Semana: A etnografia na pesquisa educacional (28/10)

Bibliografia:

• MATTOS, Carmen Lúcia Guimarães de. Estudos etnográficos da educação: uma

revisão de tendências no Brasil. Educação em Foco. Juiz de Fora, v. 11, n. 2, p. 39-

57, 2006.

• PFAFF, Nicolle. Etnografia em contextos escolares: pressupostos gerais e experiências

interculturais no Brasil e na Alemanha. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.).

Metodologias Qualitativas na Educação: Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em

edição).

5

• CAVALLEIRO, Eliane. Considerações sobre a etnografia na escola e prática

investigativa sobre as relações raciais e de gênero. In: WELLER, Wivian; PFAFF,

Nicolle (Org.). Metodologias Qualitativas ...

Bibliografia complementar:

• SARMENTO, M. O estudo de caso etnográfico em Educação. In: ZAGO, N.;

CARVALHO, M.; VILELA, R. (Org.). Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas

em Sociologia da Educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2003, p. 137-179.

11ª Semana: Entrevistas narrativas e Análise estrutural de narrativas segundo Fritz

Schütze (04/11)

Bibliografia:

• BAUER, Martin & JOVCHELOVITCH. Sandra. Entrevista narrativa. In: Bauer, Martin &

Gaskell, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático.

Petrópolis: Vozes, 2002, p. 90-113.

• SCHÜTZE, Fritz. Pesquisa biográfica e entrevista narrativa. In: WELLER, W.; PFAFF,

N. (Org.). Metodologias Qualitativas na Educação: Teoria e Prática. Brasília, 2009

(livro em edição).

• WELLER, Wivian. Tradições hermenêuticas e interacionistas na pesquisa qualitativa: a

análise de narrativas segundo Fritz Schütze. In: ANAIS da 32ª Reunião Anual da

ANPEd, 2009, Caxambu, 2009. p. 1-16.

Bibliografia complementar:

• APPEL, Michael: La entrevista autobiográfica narrativa: Fundamentos teóricos y la

praxis del análisis mostrada a partir del estudio de caso sobre el cambio cultural de

los Otomíes en México. Forum Qualitative Sozialforschung / Forum Qualitative Social

Research [On-line Journal], Vol 6, No 2 (2005) Art. 16

[http://www.qualitativeresearch.net/fqs-texte/2-05/05-2-16-s.htm]

12ª Semana: Grupos de discussão e análise segundo o método documentário (11/11)

Bibliografia:

• GASKELL, George (2002): Entrevistas individuais e grupais. In: Bauer, Martin &

Gaskell, George: Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático.

Petrópolis: Vozes, pp. 64-89.

• WELLER, Wivian. Grupos de discussão na pesquisa com adolescentes e jovens:

aportes teórico-metodológicos e análise de uma experiência com o método.

Educação e Pesquisa. Revista de Educação da USP. São Paulo, vol.32, no.2, p. 241-

260, maio/ago. 2006 [www.scielo.br/pdf/ep/v32n2/a03v32n2.pdf].

Bibliografia complementar:

• BOHNSACK, Ralf. Group Discussions and Focus Groups. In: Flick, Uwe; Kardorff,

Ernst; Steinke, Ines (orgs.). A Companion to Qualitative Research. London: SAGE,

2004, p. 214-221.

• BOHNSACK, Ralf; WELLER, Wivian. O método documentário e sua utilização em

grupos de discussão. Educação em Foco. Juiz de Fora, v. 11, n. 2, p. 19-38, 2006

[http://www.faced.ufjf.br/educacaoemfoco/integraartigo.asp?p=17,1].

13ª Semana: Análise de imagens e filmes segundo o método documentário (18/11)

Bibliografia:

• BOHNSACK, Ralf. A interpretação de imagens segundo o método documentário. In:

WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.). Metodologias Qualitativas na Educação:

Teoria e Prática. Brasília, 2009 (livro em edição).

• BALTRUSCHAT, Astrid. A interpretação de filmes segundo o método documentário. In:

WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.). Metodologias ...

• LIEBEL, Vinicius. A análise de charges segundo o método documentário. In: WELLER,

Wivian; PFAFF, Nicolle (Org.). Metodologias ...

6

Bibliografia complementar:

• BOHNSACK, Ralf. A interpretação de imagens e o Método Documentário. Sociologias.

Porto Alegre, mai./ago. 2007 [www.scielo.br].

• BARBOZA Martínez, Amalia. Sobre el método de la interpretación documental y el uso

de las imágenes en la sociología: Karl Mannheim, Aby Warburg y Pierre Bourdieu.

Sociedade & Estado., Ago 2006, vol.21, no.2, p.391-414 [www.scielo.br].

Bibliografia adicional (outras abordagens):

• LOIZOS, Peter. Vídeo, filme e fotografias como documentos de pesquisa. In: Bauer,

Martin & Gaskell, George: Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual

prático. Petrópolis: Vozes, 2002, p. 137-155.

• PENN, Gemma. Análise semiótica de imagens paradas. In: Bauer, Martin & Gaskell,

George: Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático.

Petrópolis: Vozes, 2002, p. 319-342.

UNIDADE III – EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO DE DADOS

Obs.: Alunos que estejam desenvolvendo pesquisas de campo poderão apresentar uma

entrevista ou parte de entrevista e respectiva análise para discussão conjunta, entre

outros:

14ª Semana: Workshop I: grupos de discussão (25/11)

15ª Semana: Workshop II: entrevistas individuais (02/12)

16ª Semana: Workshop III: análise de imagens

Entrega do trabalho final da disciplina (09/12)

17ª Semana: Devolução dos trabalhos e avaliação da disciplina (16/12)

Bibliografia:

BAUER, Martin W; Gaskell, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual

prático. Petrópolis, Vozes, 2002

BECKER, Howard. Métodos de Pesquisa em Ciências Sociais. 3ª ed. São Paulo: Hucitec, 1997.

BOHNSACK, Ralf. Rekonstruktive Sozialforschung. Einführung in qualitative Methoden (6a. ed.).

Opladen: Leske + Budrich, 2007.

BOHNSACK, Ralf. Qualitative Bild- und Videointerpretation. Verlag Barbara Budrich, UTB,

Opladen/Farmington Hills 2008.

BOHNSACK, Ralf; PFAFF, Nicolle; WELLER, Wivian (Orgs.). Qualitative Analysis and Documentary

Method in International Educational Research. 1. ed. Opladen: Verlag Barbara Budrich, 2009.

BOURDIEU, Pierre (coord.). A miséria do mundo. Petrópolis: Vozes, 1997.

Cadernos de Sociologia do PPG em Sociologia da UFRGS: Pesquisa social: empírica: métodos e

técnicas [número org. por: Clarissa Eckert Baeta Neves e Maíra Baumgarten Corrêa]. 1998, v. 9.

CICOUREL, Aaron. Teoria e método em pesquisa de campo. In: Guimarães, Alba Zaluar (org.):

Desvendando máscaras sociais. 3ª ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1990, p. 87-121.

7

COHEN, Louis & Manion, Lawrence. Métodos de investigación educativa. Madrid: Editorial La

Muralla, 1990.

COULON, Alain. Etnometodologia. Petrópolis: Vozes, 1995.

COULON, Alain. Etnometodologia e Educação. Petrópolis: Vozes, 1995.

DENZIN, Norman K. & LINCOLN, Yvonna S. (org.). Handbook of qualitative research (2a ed).

London; Thousand Oaks; New Delhi: SAGE, 2000.

DENZIN, Norman; LINCLOLN, Yvonna (orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa. Teorias e

abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006

FAIRCLOUGH, Norman: Discurso e mundança social. Brasília: Editora Universidade de Brasília.

2001

FLICK, Uwe: Uma introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman. 2004

FLICK, Uwe, von Kardorff, Ernst & Steinke, Ines. A companion to qualitative research. London;

Thousand Oaks; New Delhi: SAGE, 2004.

GOFFMAN, Irving; Sacks, Harvey; Cicourel, Aaron; Pollner, Melvin. Sociologías de la situación

[edição, tradução e introdução de Félix Diaz]. Madrid: La Piqueta, 2000

GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar. Como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais.

Rio de Janeiro; São Paulo: Record, 2000.

HAGUETTE, Teresa M. F. Metodologias qualitativas na Sociologia. 5ª ed. Petrópolis, Vozes, 1997

LANG, Alice B. G. (org.). Desafios da pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: CERU/Humanitas,

2001.

LANG, Alice B.G. et. al. (org.). Reflexões sobre a pesquisa sociológica. São Paulo:

CERU/Humanitas, 1999.

MELUCCI, Alberto. Por uma sociologia reflexiva: pesquisa qualitativa e cultura. Petrópolis, Vozes,

2005

PAIS, José Machado. Vida Cotidiana: enigmas e revelações. São Paulo: Cortez, 2003

SCHRADER, Achim. Métodos de pesquisa social empírica e indicadores sociais [org. por Clarissa E.

B. Neves e Emil A. Sobottka]. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

STRAUSS, Anselm; CORBIN, Juliet. Pesquisa qualitativa. Técnicas e procedimentos para o

desenvolvimento de teoria fundamentada. Porto Alegre: Artmed, 2008.

STRAUSS, Anselm. Grundlagen qualitativer Sozialforschung. München: Fink [Orig.: Qualitative

Analysis for Social Scientists], 1994.

STRAUSS, Anselm. The discovery of Grounded Theory. Strategies for qualitative Research.

Chicago: Aldine, 1969.

© 2016 CPD - Centro de Informática
UnB - Universidade de Brasília