Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

LITERATURA E FOTOGRAFIADISCIPLINA 314749

VER OFERTA

ÓrgãoTEL Departamento de Teoria Literária e Literatura
Código314749
DenominaçãoLiteratura e Fotografia
NívelMestrado
Início da Vigência em2005/1
Pré-requisitosDisciplina sem pré-requisitos
EmentaInício da Vigência em 2016/1

Mapear e buscar interpretar as relações dos textos literários, notadamente os de ficção, de prosa e de ensaística, com a fotografia. A função do encarte e da imagem fotográfica colocada em diálogo com as formas literárias, especialmente o romance e a poesia, seja como complementação (ilustração), seja como inserção temática, citação, referência, lembrança ou paralelismo, no interior da obra escrita. Refletir sobre a fotografia do século XIX, que reivindicou insistentemente o status de arte autônoma (Nadar) e que somente obteve a consagração no século XX com a reportagem, a moda, o retrato, a obra de arte (Cartier-Bresson, Brassaï, Avedon) e com o fenômeno literário e a sua crítica (Breton, Barthes, Assis Brasil). Pensar sobre as implicações existentes entre fotografia, realidade, realismo artístico em geral, perenização efetiva do momento da captura da imagem fotográfica e a aparente imobilidade do texto literário. Determinar os sentidos que o ato fotográfico envolve intrínseca e extrinsecamente. Buscar determinar alguns parâmetros metodológicos para a sua análise (Aumont, Dubois, Sontag, Kossoy, Benjamin). Textos, autores, obras e escolas literárias em diálogo constante com a fotografia, no Brasil e no mundo, no tempo e na atualidade.

ProgramaInício da Vigência em 2016/1

1. Fundamentos da Literatura: delimitações do campo literário. Literatura e imagem: a ilustração de romances, história em quadrinhos, desenho e pintura em relação com a Literatura. Inserção das imagens fotográficas no interior da obra literária como tema.

2. Literatura e pintura. Imagem e poesia.

3. Aspectos técnicos da fotografia e os seus significados. Por uma história da fotografia, dos primórdios ao dias de hoje. Domínio da técnica fotográfica sobre o tempo por meio da imobilização e perpetuação da imagem captada. cinematográfica.

4. Reverberações sociais da fotografia: o retrato de estúdio, o cinema, fotos de moda, fotojornalismo, a fotografia forense, fotos comemorativas e turísticas (aniversários, casamentos, selfies com amigos e diante de monumentos turísticos, etc.) Recursos tecnológicos atuais (photoshop, instagram, montagem de fotos artísticas, outdoor, etc).

4. O trajeto da fotografia na França e no Brasil. Uma técnica fascinante e uma recepção bem sucedida. Da exclusividade da fotografia pela classe dominante à câmera do celular na mão de todos. O reconhecimento da fotografia como arte lá e cá.

5. A História do Brasil e a fotografia. Do imperador fotógrafo ao retratista: lambe-lambe na praça de cidades do interior do país. Aspectos de uma novidade tecnológica que encantou a todos no século XIX brasileiro e que se popularizou nos séculos XX e XXI.

6. O romance Nadja, de André Breton e o início de uma ligação amorosa: o texto literário e a fotografia conjugando-se para criar outra representação estético-literária.

7. Poesia e fotografia. A fotografia como suporte poético: o poema sobre imagens, colagens poéticas, caligramas fotográficos, vídeo-poema, vídeo-arte, etc.

8. Obras literárias atuais que se completam com fotografias nos seus textos. Discurso literário e discurso fotográfico: subsídios para uma nova era estética.

9. Os destinos da fotografia: morte do álbum de família e do cartão postal, renascimento, valorização e preponderância da vida imagética nas redes sociais, o papel de parede nos aparelhos eletrônicos e a divulgação de fotografias pessoais na era digital.

10. Literatura e fotografia: um destino inesperado, mas de um trajeto perene e garantido. A imagem fotográfica inserida na trama do texto literário. Uma complementação útil ou um problema a mais nos estudos literários?

AVALIAÇÃO

- Leitura de textos teóricos fora da sala de aula, com a entrega de resenhas ou relatos orais, por parte dos alunos.
- Discussão sobre os textos teóricos lidos por todos.
- Colaboração na organização e participação em pelo menos uma exposição fotográfica a ser realizada a partir dos pressupostos da disciplina e sua fundamentação teórica.
- Elaboração de um trabalho técnico individual relacionando Literatura e Fotografia, ou produção de uma narrativa fotográfica ou ainda reflexão sobre uma série fotográfica, análise de um filme ou de um texto literário que tenha a fotografia como tema.

BibliografiaInício da Vigência em 2016/1

AUMONT, Jacques. A imagem. Tradução Estela dos Santos Abreu; Cláudio César Santoro. Campinas: Papirus, 1993.

BARDI, Pietro Maria. Em torno da fotografia no Brasil. São Paulo: Banco Sudameris/MASP, 1987. (Arte e cultura, X)

BARTHES, Roland. A câmara clara: notas sobre a fotografia. Tradução Julio Castañon Guimarães. São Paulo: Nova Fronteira, 2015.

BENJAMIN, Walter. Pequena história da fotografia. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras escolhidas I. Tradução Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 2012.

BOURDIEU, Pierre. O camponês e a fotografia. In: Revista de sociologia e política. Tradução Fábia Berlatto e Bruna Gisi. Curitiba nº 26, jun. 2006, p. 31-39.

BRASSAÏ (Gyula Halasz). Proust e a fotografia. Tradução André Telles. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

COGEVAL, Guy et all. Qui a peur des femmes photographes?: 1839 à 1945. Paris: Hazan, 2015.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. Tradução Jepherson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

DUBOIS, Philippe. O ato fotográfico. Tradução Marina Appenzeller. São Paulo Papirus, 1998.

ECO, Umberto. O olhar discreto: semiologia das mensagens visuais. In: A estrutura ausente. Tradução Pérola de Carvalho. São Paulo: Perspectiva, 1976.

FABRIS, Annateresa (org.). Fotografia: usos e funções no Século XIX. São Paulo, EDUSP, 1991.

FERREZ, Gilberto. Photography in Brazil: 1840-1900. Albuquerque: University of New Mexico Press, 1990.

FLUSSER, Vilém. Ensaio sobre a fotografia. Lisboa: Relógio D'Água, 1998.

KOSSOY, Boris. Realidades e ficções na trama fotográfica. Cotia: Ateliê Editorial, 1999.

KRAUSS, Rosalind. O fotográfico. Tradução Anne Marie Davée. Barcelona: Gustavo Gilli, 2002.

MACHADO, Arlindo. A ilusão especular: uma teoria da fotografia. São Paulo: Gustavo Gili, 2015.

POIVERT, Michel. Brève histoire de la photographie. Paris: Hazan, 2015.

REVISTA do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Fotografia. Org. Maria Inez Turazzi. N. 27, 1998. Rio de Janeiro. IPHAN.

ROUILLÉ, André. A fotografia entre documento e arte contemporânea. Tradução Constancia Egrejas. São Paulo: Ed. Senac, 2009.

SANTAELLA, Lúcia e NOTH, Winfried. Imagem-Semiótica: cognição, mídia. São Paulo: Iluminuras, 2005.

SONTAG, Susan. Sobre fotografia. Tradução Rubens Figueiredo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

TISSERON, Serge. Le Mistère de la Chambre Claire: photographie et inconscient. Paris: Flamarion, 1999. (Champs Flamarion)