Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

MEDIAÇÕES ENTRE FORMA SOCIAL E ESTÉTICADISCIPLINA 197262

VER OFERTA

ÓrgãoFUP UnB - Faculdade de Planaltina
Código197262
DenominaçãoMediações Entre Forma Social e Estética
NívelGraduação
Vigência2007/1
Pré-requisitosDisciplina sem pré-requisitos
Ementa

Estudo das obras estéticas e suas mediações. Dos processos históricos de produção artística, com ênfase em suas determinações econômicas, sociais e culturais. Da cultura como produto e processo social. Da historicidade das formas e dos conteúdos.

Programa

O conceito de determinação na dialética do particular e do universal; as múltiplas determinações do produto estético: econômicas, histórico-sociais, culturais.
Nexos entre processos sociais e culturais: classe e os conceitos associados de hegemonia e organicidade; ideologia e o mecanismo associado da naturalização.
A ideia de mônada no pensamento estético de Adorno e de Benjamin, e seu análogo em Antônio Candido (a redução estrutural).
As artes e suas transformações históricas: a dialética de forma e conteúdo.
Alguns pressupostos da cultura na idade moderna; a ascensão do indivíduo e suas implicações estéticas.
A crise da individualidade e suas implicações estéticas.
A herança estética e a cultura contemporânea

Bibliografia

ADORNO, Theodor. Filosofia da nova música. São Paulo: Perspectiva, 1974.
________. "Introdução à Sociologia da Música". In: BENJAMIN, Walter et alli. Textos Escolhidos. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1982.
________. "Sobre música popular". In: Theodor W. Adorno; Coleção Grandes Cientistas Sociais. Org. Gabriel Cohn. 2.ed. São Paulo: Editora Ática, 1994. pp.115-146.
ARANTES, Paulo. O sentimento da dialética. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.
AUERBACH, Erich. Mimesis, 3ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1994.
BENJAMIN, Walter. Origem do drama barroco alemão. São Paulo: Brasiliense, 1984.
________. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura, 7ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.
BRAUNSTEIN, Philippe & DUBY, Georges. "A emergência do indivíduo". In: DUBY, Georges (org.), História da vida privada v. 2. São Paulo: Cia. das Letras, 1990.
BORIE, Monique et al. Estética teatral: textos de Platão a Brecht. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1996.
BRECHT, Bertold. Teatro dialético. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.
CANDIDO, Antonio. "Dialética da malandragem". In: O discurso e a cidade. São Paulo: Duas Cidades, 1993, pp. 19-54.
COSTA, Iná Camargo. Sinta o Drama. Petrópolis: Vozes, 1998.
EAGLETON, Terry. Teoria literária: uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2001
ESPINOSA, Julio García. La Doble Moral del Cine. Cuba: Escuela Internacional del Cine y Televisión; España: Ollero & Ramos, 1996.
HAUG, Wolfgang Fritz. Crítica da estética da mercadoria. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1997.
HAUSER, Arnold. História social da arte e da literatura. São Paulo: Martins Fontes, 1995.
HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Rio de Janeiro: Labor do Brasil, 1976.
KEHL; Maria Rita. "Televisão e violência do imaginário". In: BUCCI, Eugênio (org.). A TV aos 50: criticando a televisão brasileira no seu cinqüentenário. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.
KONDER, Leandro. A poesia de Brecht e a história. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.
LUKÁCS, Georg. "Narrar ou descrever?". In: Ensaios sobre literatura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965, pp. 43-94.
MARX, Karl. "Método da economia política". In: Contribuição à crítica da economia política, 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1983, pp. 218-231.
PEREIRA, Carlos Alberto Messeder. Em busca do Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Notrya, 1993.
PEREIRA, C. A. Messeder & MIRANDA, Ricardo. Televisão, as imagens e os sons: no ar, o Brasil. São Paulo: Brasiliense, Coleção O Nacional e o Popular na Cultura Brasileira, 1983.
PISCATOR, Erwin. Teatro político. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.
ROCHA, Glauber. "Uma estética da fome". In A Revolução do Cinema Novo. Rio de Janeiro, Alhambra: Embrafilme, 1980.
ROSENFELD, Anatol. Texto/contexto I, 5ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1996.
SCHWARZ, Roberto. "Pressupostos, salvo engano, de 'Dialética da malandragem' ". In: Que horas são? São Paulo: Cia. das Letras, 1987, pp. 129-155.
______. "As idéias fora do lugar". In: Ao vencedor as batatas. 4ª ed. São Paulo: Duas Cidades, 1992, pp. 13-28.
SZONDI, Peter. Teoria do drama moderno. São Paulo: Cosac Naify, 2001.
VERNANT, Jean-Pierre & VIDAL-NAQUET, Pierre. Mito e tragédia na Grécia antiga. São Paulo: Perspectiva, 1999.
VIANA FILHO, Oduvaldo; PEIXOTO, Fernando (org.) Vianinha: teatro, televisão, política. São Paulo: Brasiliense, 1999.
VINTÉM. "Entrevista com Chico de Oliveira". Vintém: teatro e cultura brasileira. São Paulo: Hedra. Ano 2, nº 3, s.d.
WATT, Ian. A ascensão do romance. São Paulo: Cia. das Letras, 1990.
WILLIAMS, Raymond. Marxismo e literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.
______. "Base and superstructure in Marxist cultural theory". In: DALE, Roger et al. (eds.), Schooling and capitalism: a sociological reader. Londres: Routledge & Keagan Paul, 1979, pp. 202-210.
______. Cultura 2ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.
XAVIER, Ismail. "Eisenstein: a construção do pensamento por imagens". In: NOVAES, Adauto (org.), Artepensamento. São Paulo: Cia. das Letras, 1994.
ZOLA, Émile. "Senso do real". In: Do romance. São Paulo: Edusp / Imaginário, 1995
Habilitação: LINGUAGEM