Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

MODELOS E PRÁTICAS DE ATENÇÃO À SAÚDEDISCIPLINA 180921

VER OFERTA

ÓrgãoFCE UnB - Faculdade da Ceilândia
Código180921
DenominaçãoModelos e Práticas de Atenção à Saúde
NívelGraduação
Vigência2008/2
Pré-requisitos FCE 170879 S S 1:Introd Ciên Saúde E
FCE 179876 Assist Farmac Sis de Saúde OU
FCE 170879 S S 1:Introd Ciên Saúde E
FCE 170861 Epidemiologia Descritiva
Ementa

Modelos de atenção à saúde vigente no Brasil. Caracteriza o Sanitarismo Campanhista, o Modelo Liberal Privatista, os modelos da Medicina Comunitária e o da Vigilância à Saúde. Redes Integradas de Atenção à Saúde, com ênfase na abordagem da família e grupos sociais e na Estratégia de Saúde da Família. Atenção à saúde por meio do estudo das ações estratégicas do ciclo de vida e das práticas integradas em saúde (integralidade nas ações estratégicas, níveis de atenção e políticas

Programa

Revisão das tendências dos Modelos de Atenção à Saúde no Brasil;
Concepções de família, da rede de relacionamentos, da pessoa inserida na família e no ambiente social; preparo para o desenvolvimento de ações interdisciplinares, coletivas ou individuais na área. Conceito de Família, valores éticos. Humanização. Respeito. Conduta e postura ética no cuidado à Família.
Valores, Princípios, características organizativas da Estratégia Saúde da família. Trabalho de Saúde em Equipe na Estratégia Saúde da Família-ESF – especificidade e complementaridade.
Modos de gerenciar trabalho em equipes.
Histórico da Atenção Básica à Saúde/ ESF no Brasil;
Potenciais e limites do ESF na elaboração do planejamento e programação das Unidades Básicas de Saúde, com vista a oferta organizada e vinculatória das ações do ciclo de vida.
Características das práticas de atenção à saúde nos diferentes níveis de atenção.

Bibliografia

BÁSICA
1. CAMPOS et al. (orgs). Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Fiocruz, 2008. p. 837-868.
2. GIOVANELLA, Lígia. et al (orgs.). Políticas e Sistema de Saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2008. 575-626.
3. PAIM, Jairnilson. O que é o SUS. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2009.

COMPLEMENTAR

1. BRASIL. Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS. Coleção Progestores - Para entender a gestão do SUS, v.1. p.251 a 257. 2007.

2. NOGUEIRA, Roberto Passos. Perspectiva da qualidade em saúde. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1994.

3. PINHEIRO, Roseni. e MATTOS, Rubens (orgs.). Os sentidos da integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro. UERJ - IMS - ABRASCO. 2001.

4. SILVA JUNIOR, Aluísio Gomes. Modelos tecnoassistenciais em saúde: o debate no campo da saúde coletiva. Säo Paulo; HUCITEC; 1997.