Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

PSICOLOGIA DA PERSONALIDADE 1DISCIPLINA 124036

VER OFERTA

ÓrgãoPCL Departamento de Psicologia Clínica
Código124036
DenominaçãoPsicologia da Personalidade 1
NívelGraduação
Início da Vigência em1962/1
Pré-requisitosDisciplina sem pré-requisitos
EmentaInício da Vigência em 2014/1

Análise histórica da conceitualização e das teorias da personalidade. Variáveis biológicas, ambientais e sociais que afetam o desenvolvimento da personalidade. Teorias da personalidade: psicanalítica, humanista, comportamental e existencial.

ProgramaInício da Vigência em 1962/1

UNIDADE I - Introdução
1. Personalidade: significado geral; conceituação; aproximações filosóficas e psicológicas; teorias da personalidade e a clínica psicológica.

2. A dialética inato x adquirido: compreensão da influência mútua entre as predisposições hereditárias e a ambiência na constituição da personalidade, ressaltando a dificuldade de separar esses dois fatores.
UNIDADE II - A constituição do espaço psicológico: a constituição da psicologia e de seu objeto mostra relações estreitas com a modernidade (início da história da psicologia; o tema psicológico) e o caráter geral da psicologia e a natureza de seu objeto.
Condições culturais do surgimento do espaço psicológico:
a) o surgimento da subjetividade individual e íntima. (O problema da modernidade: o homem como centro do universo e como sujeito fundamento auto-fundante - o tempo; o conhecimento-; o marco da modernidade Descartes)
b) as soluções psicológicas para a contemporaneidade ou pós-modernidade; a psicologia ou as psicologias; ciência e senso comum; a subjetividade como objeto de estudo; psicologia e história; as principais teorias da psicologia no século 20.
Unidade III - Teorias da Personalidade

BibliografiaInício da Vigência em 1962/1

VI - BIBLIOGRAFIA BÁSICA
1- HALL, C. S. e LINDZEY, G. (1972) Teorias da personalidade. São Paulo: Herder, pp. 13-42.
2- ALLPORT, G. W. (1966). Personalidade - padrões e desenvolvimento. São Paulo: Herder, pp. 43-58.
3- FILLOUX, J. C. (1983). A personalidade. São Paulo: Ed. Difel, pp. 7-19.
4- ALLPORT, G. W. (1975). Desenvolvimento da Personalidade. São Paulo: EPU, pp. 13-45.
5- FILLOUX, J. C. (1983). A personalidade. São Paulo: Ed. Difel, pp. 20-28.
6- PENA, S. D. (1991). Genética e Personalidade. In NETO, D. C. V. (org.) As várias faces da personalidade. Belo Horizonte, Libru, pp.135-146.
7- FIGUEIREDO, L. C. M. & SANTI, P. L. R. (1997). Psicologia - uma (nova) introdução. São Paulo: Educ, 2ª ed., pp.9-57.
8- FIGUEIREDO, L. C. (1996). Revisitando as psicologias. Da epistemologia à ética das práticas e discursos psicológicos. São Paulo: Educ; Petrópolis (RJ): Vozes, 2ª ed., pp. 13-33.
9- BOCK, A. M; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. L. (1999). Psicologias. Saraiva, pp. 15-44.
10- ASSIS, M. (1988). O alienista e outros contos. São Paulo: Moderna.
11- MARTINS, F. (1999). O que é Pathos? Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental. Vol.2, nº.4.
12- FREUD, S. (1914). A história do movimento psicanalítico. Rio de Janeiro: Ed. Imago, 1997. (pp. 9-81).
13- FADIMAN, J & FRAGER, R; (1986) Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 2-37.
14- FADIMAN, J. & FRAGER, R. (1986). Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 41-70.
15- FADIMAN, J. & FRAGER, R. (1986). Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 87-124.
16- FADIMAN, J. & FRAGER, R. (1986). Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 125-148.
17- FADIMAN, J. & FRAGER, R. (1986). Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 221-258.
18- FADIMAN, J. & FRAGER, R. (1986). Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, pp. 187-220.

VII - BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
BOCK, A. M.; FURTADO, O. & TEIXEIRA, M. L. (1999). Psicologias. São Paulo: Saraiva.
BURTON, A. (1978). Teorias operacionais da personalidade. Rio de Janeiro: Imago.
BYINGTON, C. (1987). Dimensões simbólicas da personalidade. São Paulo: Ática.
________. (1988). Desenvolvimento da Personalidade. São Paulo: Ática
FADIMAN, J. & FRAGER, R. (2002). Personalidade e crescimento pessoal. Porto Alegre: Artmed.
FIGUEIREDO, L.C. (1992). A invenção do psicológico - quatro séculos de subjetivação (1500-1900). São Paulo: Escuta.
FREUD, S. (1972/1905). "Três ensaios sobre a teoria da sexualidade". ESB. Rio de Janeiro: Imago, vol. VII.
________. (1976 /1910). Cinco lições de Psicanálise. ESB. Rio de Janeiro: Imago, vol. XI.
________. (1976/1915). "O inconsciente". ESB. Rio de Janeiro: Imago, vol. XIV, p. 191.
________. (1976/1923). "O ego e o id". ESB. Rio de Janeiro: Imago, vol. XIX.
________. (1976/1933). Novas conferências introdutórias sobre Psicanálise. ESB. Rio de Janeiro: Imago, vol XXII.
GARCIA-ROZA, L.A. (1996). Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
________. (2000). Introdução à metapsicologia freudiana. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
JUNG, C. G. (1963). Memórias, sonhos e reflexões. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.
________. (1964). O Homem e seus Símbolos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.
________. (1987). Tipos psicológicos. Petrópolis: Vozes.
KAHN, M. (2003). Freud básico - pensamentos psicanalíticos para o século XXI. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, pp. 35-122.
PEARLS, F. S. et al (1977). Isto é gestalt. São Paulo: Summus.
REIS, A. O. A., MAGALHÃES, L. M. A. & GONÇALVES, W. L. (1984). Teorias da personalidade em Freud, Reich e Jung. São Paulo: E.P.U.
ROGERS, C. (1976). Tornar-se pessoa. São Paulo: Martins Fontes.
________. (1987). Psicoterapia e consulta psicológica. São Paulo: Martins Fontes.
SARTRE, J.-P. (2005). Freud, além da alma - roteiro para um filme. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1ª.ed.
SCHULTZ, D & SCHULTZ, S (1981) História da psicologia moderna. São Paulo: Cultrix.
SKINNER, B. F. (1980). Contingências do reforço - uma análise teórica. Coleção Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural.
________. (1983) O mito da liberdade. São Paulo: Summus.
________. (1993). Sobre o behaviorismo. São Paulo: Cultrix, 9ª ed..