Carregando...

DISCIPLINA Listagem de Ementa/Programa

TEORIA CRÍTICA DA SOCIEDADEDISCIPLINA 105708

VER OFERTA

ÓrgãoSOL Departamento de Sociologia
Código105708
DenominaçãoTeoria Crítica da Sociedade
NívelGraduação
Início da Vigência em1988/2
Pré-requisitos SOL 134465 Introdução à Sociologia E
SOL 135470 Teorias Sociológicas Clássicas
EmentaInício da Vigência em 2017/2

A disciplina Teoria Crítica da Sociedade visa situar a abordagem teórica filiada, sobretudo, à formulação esboçada por Max Horkheimer, notadamente na década de 1930, incorporando autores como Theodor W. Adorno, Walter Benjamin e Herbert Marcuse. Assim, retoma o contexto em que uma perspectiva crítico-dialética se insere na ascensão da teoria social para, posteriormente, recuperar a especificidade da proposta desenhada no âmbito do Institut für Sozialforschung, em Frankfurt am Main (Alemanha). Ao final pretende-se perpassar alguns dos debates contemporâneas suscitados a partir dos desenvolvimentos dos trabalhos que se aproximem, inclusive recorrendo a guinadas teóricas, dessa abordagem.
O objetivo é, assim, familiarizar as/os discentes com essa corrente do pensamento, tendo em vista oferecer (mais) um espaço que os habilite a olhar criticamente para a realidade circundante e, em decorrência, terem capacidade de problematizar, de maneira autônoma, questões sociológicas candentes.

ProgramaInício da Vigência em 2020/1

I . CONTEXTO EPIST.MICO E ORIGENS DA TEORIA CRITICA
1. Critica pensamento dialetico e o lugar do conceito de reificacao
2. O desenho da teoria critica da sociedade
II . UM RECORTE DA PROPOSTA DE TEORIA CRITICA DA SOCIEDADE
3. O conceito de esclarecimento em Horkheimer e Adorno
4. As Minima Moralia e o contexto da vida danificada
III . PERSPECTIVAS CONTEMPORANEAS DA TEORIA CRITICA
5. Sobre postura e engajamento intelectuais: Irene Cardoso
6. O papel da universidade: ha lugar para a critica?
7. Expressoes contemporaneas da teoria critica

BibliografiaInício da Vigência em 2015/1

ADORNO, Theodor W. La disputa del positivismo en la sociologia alemana. Barcelona: Grijalbo, 1973.
_____. Educação e emancipação. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1995.
BARBOZA, Amalia. "Duas sociologias frankfurtianas: Sociologia do conhecimento versus teoria crítica?". Civitas - Revista de Ciências Sociais. PUC-RS, vol. 12, n. 1, jan./abr. de 2012, pp. 107-125.
BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época de sua reprodutibilidade técnica. Porto Alegre: Zouk, 2012 [1935].
_____. "Sobre o conceito da história". In: _____. Magia e técnica, arte e política. São Paulo, Brasiliense, 1985, p. 222-232.
DOMINGUES, José Maurício. "Vicissitudes e possibilidades da teoria crítica hoje". Sociologia&Antropologia. Ano 1 (1), 2011, pp. 71-89.
GUIMARÃES, Antonio Sérgio Alfredo. "Formações nacionais de classe e raça". Tempo social. São Paulo, USP, vol. 28, n. 2, maio/ago. 2016, pp. 161-182.
HORKHEIMER, Max. Eclipse da Razão. Rio de Janeiro, Labor, 1976.
HORKHEIMER, Max. Teoria Crítica I. São Paulo, Perspectiva, 1990.
JAY, Martin. A imaginação dialética. São Paulo, Contraponto, 2008.
KOIDE, Kelly; FERREIRA, Mariana Toledo e MARINI, Marisol. "Arqueologia e a crítica feminista da ciência. Entrevista com Alison Wylie". Scientiae studia. São Paulo, vol. 12, n. 3, 2014, pp. 549-590.
KORSCH, Karl. Marxismo e filosofia. Porto, Afrontamento, 1977.
LOUREIRO, Isabel. "Herbert Marcuse - anticapitalismo e emancipação". Trans/Form/Ação. vol. 28, n.2, 2005, pp. 7-20.
LUKÁCS, Georg. História e Consciência de Classe. São Paulo, Martins Fontes, 2003.
LUXEMBURG, Rosa."Reforma social ou revolução?". In: _____. e LOUREIRO, Isabel (Org.). Textos escolhidos. v. 1. São Paulo, Unesp, 2011, pp. 1-89.
MARCUSE, Herbert. "Filosofia e Teoria Crítica". In: _____. Cultura e Sociedade. São Paulo, Paz e Terra, 1997, v. 1, p. 137-160.
_____. Razão e revolução. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1978.
_____. "Industrialização e Capitalismo na Obra de Max Weber". In: Cultura e Sociedade. São Paulo, Paz e Terra, 1998, v.2, pp. 113-136.
_____. Cultura e Sociedade. 2 v. São Paulo, Paz e Terra, 1997/1998.
MARX, Karl. O capital. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, v. ed.
POLLOCK, Friedrich. "State Capitalism: its Possibilities and Limitations". In: The Essential Frankfurt School Reader. Andrew Arato / Eike Gebhardt (Org.). New York, Continuum, 1990, pp. 71-94.
REHBEIN, Boike. Kaleidoskopische Dialektik. Konstanz, UVK, 2013.
SCHWARZ, Roberto. Cultura e política. São Paulo, Paz e Terra, 2005.
TÖNNIES, Ferdinand. Gemeinschaft und Gesellschaft. Darmstadt, Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 1991.
WAIZBORT, Leopoldo. "Glosa sobre ideologia e dialética em Adorno". Plural. vol. 5, 1º semestre de 1998, pp. 1-20.